segunda-feira, 24 de julho de 2017

Bridgetown, Barbados



Foi um grande prazer poder desembarcar neste país cheio de história, além das praias lindas, exclusivas do Caribe. Bridgetown (antes chamada de Town of Saint Michael) em inglês significa cidade da ponte. Pois apesar de estar totalmente inabitada quando os ingleses chegaram à ilha em 1631, vestígios da existência de indígenas foram encontrados no lugar: uma ponte primitiva sobre a área do pântano Careenage, construída supostamente pelos índios Arawak, habitantes do Caribe naquela época.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Porto Rico: um pedacinho dos Estados Unidos no Caribe


Talvez por ser aparentemente fora de mão para quem sai do Brasil, não imaginávamos  voltar tão cedo a Porto Rico. Não que não tivéssemos gostado... Mas em menos de dois anos surgiu esta oportunidade inusitada: um cruzeiro de 12 noites saindo de San Juán com todas as vantagens que conto aqui.

E aí? Ah, foi formidável! Se na primeira vez que estivemos lá, por menos de um dia desembarcados de um navio, a visita rendeu dois posts para o Viajando com Puny... Imagine agora, que passamos três dias na chegada e mais um dia no retorno, explorando a cidade de San Juan

As matérias publicadas sobre a cidade, no Viajando com Puny, foram bem úteis para nós. Aproveitamos para rever com mais calma os lugares já visitados e de quebra pudemos aprender melhor sobre a história local, curtindo a comida, os passeios e o seu povo.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Reduit Beach em Castries, St. Lucie


Como a maioria dos turistas que visitam a ilha, desembarcamos de um navio de cruzeiro em St. Lucie. Na verdade, antes de programar esta viagem nunca tinha ouvido falar desta ilha, pertencente às Baixas Antilhas. Só reconheci o lugar quando vi na internet algumas fotos dos Pitons.

O que são os Pitons? São dois majestosos picos de origem vulcânica que ultrapassam 2.000 metros. Estão localizados na praia de Soufriere. E como estão localizados a 43 quilômetros de Castries, a capital e nosso porto de desembarque, desistimos de ir até lá. Mas para você saber, em Soufriere, além da beleza dos Pitons, há banhos em piscinas sulfúricas aquecidas.

Como fomos na época seca, quando está quente demais no país, optamos por ir para Reduit Beach, praia localizada em Rodney Bay – há 9 quilômetros da capital. Não nos arrependemos, pois além de ser bem mais próximo do porto, aproveitamos um dia maravilhoso de praia, interagindo com a população local. Isto incluiu aprender um pouco de Papiamento (que é uma mistura de idiomas, formando o creole francês), língua falada por praticamente 95% da população nativa, apesar do idioma oficial ser inglês.