quarta-feira, 4 de abril de 2018

Viajando em grupo com segurança



Não há como não ser percebido em um grupo com fisionomias diferentes e falando uma  língua diversa de um país. Por isso, independente do quanto seguro é um lugar, lembre-se que os grandes centros muitas vezes tem suas mazelas e golpinhos articulados, especialmente contra os turistas. Por isso, principalmente ao viajar em grupo, é bom considerar o seguinte:

1 – Devemos sempre nos proteger, cuidando dos nossos pertences e mantendo o olho em nossos companheiros de viagem. Este método ajuda a nos proteger como grupo. Isso vale para qualquer lugar (transporte público, shoppings, ruas, etc.).

2 – Sempre que entrar ou sair de casas de Câmbio fique de olho em indivíduos suspeitos ao redor e não dê bandeira expondo carteiras, celulares e valores em espécie, nas redondezas.

3 – Ao andar de táxi com motorista desconhecido, manter toda a atenção. Taxistas, em grande parte do mundo, costumam tentar se aproveitar dos turistas repassando notas falsas, fazendo-os se confundir com o dinheiro pago, ou dando o velho golpe das voltinhas a mais. Hoje em dia os aplicativos como o Maps ajudam um pouco a evitar este golpe.

4 – Desconfie de pessoas te abordando na rua para falar algum assunto. Principalmente aqueles que te abordam com o velho jargão: “Brasileiros?!” (ou identificam a sua nacionalidade). Quando a gente fica feliz em ser reconhecido em terras estrangeiras e acaba dando conversa... Em geral, querem nos vender algum programa de turismo ou material que, na maioria das vezes, acaba sendo algum tipo de artimanha programada para turistas.

5 – Outro lugar onde os batedores de carteira agem, principalmente contra os desavisados e alegres turistas, em toda parte do mundo, é o metrô. Por isso, redobre a atenção nestes lugares.

6 – Também nos bairros mais turísticos, há muitos malandros de olho nos pobres dos turistas. Assim como nos centros de cidade e no entorno das grandes atrações turísticas.

Enfim, fique atento a esses pequenos truques voltados aos turistas, evitando assim situações desagradáveis em sua viagem. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!