Jamaica – Falmouth e Montegu Bay não foram tudo!


Porto em Falmouth - Royal Caribbean
Sonhava conhecer a Jamaica, o país melodioso do reggae de Bob Marley. Mas nossa visita não foi dos passeios mais positivos, apesar de considerar muito válida a experiência. 
Chegamos pelo Porto de Falmouth, com a companhia de navegação Royal Caribbean. Ficamos um pouco restritos aos transportes oferecidos pelos ônibus de shoppings, já que os serviços de transportes locais, como táxi e ônibus eram raros e de difícil acesso para os turistas.
Falmouth, a cidade onde nasceu o homem mais rápido do mundo, Usain Bolt, não tem muito a oferecer em termos de praias, atrativos naturais ou históricos. A cidade é cercada de pobreza. O povo não interage com os turistas.
Por isso, resolvemos partir para Montegu Bay, onde esperávamos conhecer melhor as praias caribenhas e interagir um pouco mais com a população. Encontramos um ônibus que nos levaria até a metade do caminho entre Falmouth e Montegu Bay. Partimos com a esperança de ao chegar lá encontrar um meio de transporte que nos levasse a próxima cidade. 

Praia paga em Montego Bay
Após conhecer o shopping e desfrutar de seu café – compramos café torrado e moído para cafeteira expresso – iniciamos a saga para pegar um táxi para nos levar para Montegu Bay. Então descobrimos que como turistas, não deveríamos sair do shopping por nossa conta, sem um acompanhamento turístico. Achando um absurdo, pegamos um táxi que passava. Daí, começamos a entender o porquê das retaliações para sairmos por conta própria: os jamaicanos não querem explorar o turismo e sim, explorar o turista. Passamos dificuldades para definir o ponto exato que o taxista nos deixaria assim como a tarifa a ser paga.
Conseguimos finalmente chegar ao centro da cidade de Montegu Bay. Lá, descobrimos que ir a uma praia pública não era uma coisa tão fácil. Fazem de tudo para que você se dirija a uma das praias pagas. As praias públicas são pequenas faixas de areia, sujas, sem nenhuma beleza ou infraestrutura. Na cidade o assédio ao turista para que se compre tudo (bens ou serviços) que for possível é uma coisa terrível. E finalmente, quando visitamos a praia paga, com alguma infraestrutura para turistas, descobrimos que a beleza deslumbrante que costumamos encontrar nas praias do Caribe, não deslumbrava tanto em Montegu Bay. 
Artesanato de expositores no porto
Por tudo que passamos, decidimos retornar para Falmouth e visitar a área construída pela companhia de navegação, ao redor do porto. Pegamos um táxi em um hotel de Montegu Bay, com um motorista bacana, um senhor, em um Mercedez antigo. Alguns pontos foram negativos, mas ainda assim encontramos pessoas legais no local, como as vendedoras da loja de café, o motorista do ônibus do shopping, na saída de Falmouth e outras figuras locais.
A internet no cybercafé era precária (em 2011). Os preços praticados para os turistas, exorbitantes. O artesanato regional principal é o entalhe em madeira e as bonequinhas de pano.
Dicas para este programa: o acesso às praias e às belezas naturais torna-se mais fácil e confortável com a ajuda de operadores de turismo. Montego Bay e Ocho Ríos são as cidades mais próximas. Em Ocho Ríos encontram-se matas e cacheiras e em Montego Bay, praias caribenhas.

Comentários

  1. esse tipo de viagem é complicado, acredito que vc foi muito no estilo ''SOU TURISTA'' ai os caras montam em cima mesmo.
    minha ideologia de viajens é outra, acho que eu sofreria bem menos com isso.

    ainda irei para Jamaica!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ander! Talvez, neste dia, não tenhamos nos "camuflado" muito bem (rsrsrs) e perceberam que éramos turistas. Mas não tive intenção de desanimar quem quer ir a Jamaica. Afinal, para saber, tem que conhecer. E viagens são assim, cheias de imprevistos. Mas no final, sempre valem muito a pena. Desejo uma viagem de sucesso para você! Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post. Me ajudou demais a decidir. Estava com medo de pagar a excursão da Royal Caribbean que costuma ser mais cara, mas depois de ler seu post, pagarei feliz. O problema é que são muitas opções. Não sei ainda se quero visitar os prédios históricos, visitar as plantações, a gruta, mergulhar... Pena que só temos um dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que o post contribuiu para a sua decisão. O roteiro com a Royal incluindo Falmouth, Labadee e Cozumel é fantástico. Melhor ainda se feito no Oasis ou Allure of the Seas. Vale o preço pago! Desejo a você uma ótima viagem e agradeço sua visita ao blog!
      Um abraço,
      Puny

      Excluir
    2. Não fiz o passeio, mas dizem que Ocho Rios é ótimo!

      Excluir
  4. Eu já fui para a Jamaica e é exatamente assim como você descreveu. Fomos nos clifes, nadamos com os golfinhos, descemos a cachoeira até chegar à praia... Tem praias particulares lindas, mas não dá para sair explorando as cidades por conta própria, Já viajei muito e, dos lugares onde estive, a Jamaica é o único país que eu recomendo fechar os passeios com um guia/agência. Em abril próximo iremos fazer esse cruzeiro da Royal, mas com certeza pagaremos para fazer os passeios pela própria companhia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar sua experiência aqui no blog. Realmente, é mais proveitoso fechar os passeios com um guia/agência, no caso da Jamaica. Desejo uma ótima viagem! Aproveite muito! Abraço da Puny!

      Excluir
  5. Olá! Gostei muito de seu blog pois precisava de algumas dicas para decidir minha próxima viagem. Com relação a Falmouth, é possível ver a parte histórica com arquitetura georgiana do século XIX, como promete o site da Royal Caribbean? ou você decidiu não comprar esse passeio? Eu sempre prefiro ver a parte histórica das cidades e gostaria de saber se é possível com esse cruzeiro. Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Sobre Falmouth, não reservamos o cruzeiro com a Royal. Fizemos por conta própria. Mas se eles prometem esta excursão, deve ser legal. Costumamos fazer todos passeios de modo independente, mas no caso de Falmouth, recomendaria fazer com apoio de uma agência. Agradecemos sua visita ao blog. Um abraço e aproveite sua viagem. Puny

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!

Postagens mais visitadas deste blog

Campos do Jordão, a cidade mais alta do Brasil

O que fazer em Mambucaba - passamos o Ano Novo por lá!

Visitando Quebec, Canadá