segunda-feira, 11 de julho de 2022

Crise no Setor Aéreo?

Por: Adriana Aguiar Ribeiro 

Nestes últimos dois anos e meio o transporte aéreo vem enfrentando uma crise a nível global: além da pandemia, que levou à demissão de parte dos empregados do setor aéreo, o aumento do preço dos combustíveis fósseis resultou também no aumento das passagens aéreas.

E agora, com o verão no hemisfério norte, a diminuição dos casos de COVID-19 e a chegada das férias escolares ao redor do mundo, a alta temporada chega com uma forte demanda turística, reaquecendo todo o setor, que já enfrenta dificuldades para contratar novos empregados com velocidade proporcional ao aumento da demanda turística.

Por isso, espere pagar preços altos nos bilhetes aéreos e receber serviços precários no atendimento.

Aqui no Canal temos observado a alta nos preços das passagens para rotas diversas, assim como atendimentos alterados em aeroportos e demorados ao telefone. Por isso sempre recomendamos que se adquira os serviços turísticos com antecedência. Mas neste momento talvez seja prudente aguardar um pouco a baixa dos preços ou tentar descobrir boas promoções através de pesquisas.

Como tudo tem começo meio e fim, provavelmente em seis meses, tudo poderá voltar à normalidade.

Adriana Aguiar Ribeiro é escritora, turismóloga, adm. de Empresas e trabalhou na IBERIA e na extinta VASP.

Um comentário:

  1. Materia mt útil para quem quer viajar em companhias aéreas.
    Tb leva a compreender e ter uma maior dose de paciência com a situação atual destas empresas.

    ResponderExcluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!