A riqueza de Montevideo, Uruguai

Plaza da Independencia
Devido à rica arquitetura e a farta arborização da cidade, somadas ao assédio constante das marolas do Rio da Prata, Montevidéo é sempre linda! No inverno ou no verão. Uma capital tranquila como poucas. Não é a toa que está sempre figurando entre as cidades com melhor qualidade de vida e segurança na América Latina. Os vestígios do passado histórico desta capital contribuem enormemente para uma riqueza de atrativos turísticos. A Praça da Independência possui ainda um dos portões da antiga muralha que cercava a cidade no período colonial, separando a Cidade Velha da Cidade Nova. A gastronomia local é incomparável. Dizem os uruguaios que a melhor parrilla (churrasco) se come no Uruguai, e não na Argentina.
Padrão das placas residenciais
Cidade Nova: iniciar a visita pela Cidade Nova, na Plaza da Independencia, é uma boa ideia para você ter noção das diferenças entre ambos os lados. Um simples giro de 360° sobre o próprio corpo permitirá ao visitante ter uma noção da deslumbrante arquitetura que o cerca. Ao centro da Praça está uma estátua em bronze de José Artigas, herói nacional, que dará nome a muitos lugares e monumentos desta cidade.
Cidade Velha
Cidade Velha: desde a Plaza da Independência, dirija-se a Puerta de La Ciudadela, que é remanescente das muralhas do período colonial. Atravessando este portal, você se transportará para outro século, com uma arquitetura completamente distinta da anterior. Seguindo um caminho turístico recomendo uma visita ao Teatro Solis, que fica na Rua Buenos Aires. Depois vá ao Museu Histórico Nacional e Plaza Zaballa, com a feira de antiguidades. Seguindo esta rota, você chegará à região do Mercado Del Puerto. A Cidade Velha é animada também à noite, quando uma grande quantidade de visitantes frequenta os bares com mesas colocadas nas calçadas.  
Arredores do Mercado Del Puerto
Mercado Del Puerto: este mercado conta com vários restaurantes, onde você pode comer uma das melhores parrilas uruguaias. O mercado oferece também uma gama de lojas com artesanato e souvenires regionais. Está localizado em frente ao porto.
Visite também: Rambla Montevideo (um dos vários calçadões a beira da praia banhada pelo Rio da Prata), Estádio Centenário (para os amantes do futebol), Punta Carretas Shopping (este shopping foi construído utilizando as estruturas de um antigo presídio), Parque Rodo e Jardim Botânico (um pouco mais de verde – Montevidéo é uma cidade muito arborizada).
Gastronomia: dizem que a uva Tannat, caiu como uma luva no Uruguai, já que esta espécie se deu muito bem com a região. Por isso, não deixe de experimentar o vinho Tannat, bastante aromático e encorpado, uma especialidade uruguaia. O tradicional doce de leite pode ser comprado até no supermercado. É sempre gostoso! Churrasco, empanadas, tortilhas e alfajores também fazem parte da gastronomia local e devem ser experimentados.

Vitrine de tortilhas em supermercado
Outros toques:
• Se tiver oportunidade, faça um city-tour guiado, para conhecer um pouco mais da história desta maravilhosa capital.
• Se não tiver pressa, pegue um ônibus de linha para conhecer um pouco mais da cidade, ou vá de táxi.
• Se chegar de navio, inicie sua visita desde o Mercado Del Puerto, fazendo o sentido inverso do roteiro acima.
• Se tiver um tempo extra, visite também Colonia Del Sacramento e Punta Del Leste, que ficam a aproximadamente duas horas de viagem de Montevideo.

Leia outras notícias mais atualizadas sobre Montevideo.

Leia mais sobre cidades da Bacia da Plata clicando aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campos do Jordão, a cidade mais alta do Brasil

O que fazer em Mambucaba - passamos o Ano Novo por lá!

Visitando Quebec, Canadá