Lago Negro, em Gramado

Quando pesquisei as atrações de Gramado selecionei o Lago Negro como um dos locais que gostaria de visitar, mas sem grande empolgação, já que não via muita exaltação nos comentários sobre o lugar.
Numa manhã ensolarada de um Domingo preguiçoso saímos a pé da pousada para uma caminhada até o Lago Negro. O dia estava realmente bonito e acho que isso contribuiu para a magia do lugar. O Lago Negro fica em um grande parque cercado por uma linda floresta de coníferas e vegetação típica de lugares frios. Conta a história que na década de 40 um grande incêndio destruiu a floresta nativa da área. Leopoldo Rosenfeld, responsável pela manutenção do lugar, abriu uma grande vala na intenção de conter as chamas. Esta vala transformou-se em lago. Com intenção de reconstruir o local, Rosefeld trouxe mudas nativas da floresta Negra, na Europa.
História a parte, toda a área no entorno do Lago Negro é belíssima, muito bem cuidada e repleta de tranquilidade, com boa música, ideal para passear com crianças, cães, ou simplesmente relaxar e observar os turistas. E o lago ainda dispõe de pedalinhos e réplicas de miniaturas de naus portuguesas. Não deve nada aos parques europeus. Vale a visita!
Endereço: Rua A. J. Renner
Horário de funcionamento: aberto 24h.
Pedalinhos: 8:30h às 19h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campos do Jordão, a cidade mais alta do Brasil

O que fazer em Mambucaba - passamos o Ano Novo por lá!

Visitando Quebec, Canadá