Salvador, Brasil

Por Ana Dantas, Rio de Janeiro


"Sempre ouvi falar bem de Salvador e, quando a gente não conhece o lugar cria uma imagem e acha que vai encontrar o lugar tal qual imaginamos. Mas com Salvador foi diferente...
Vista do Mercado Modelo
Ficamos num hotel bem simples, limpo e com um café da manhã delicioso e em frente à última praia da orla de Salvador, chamada Porto da Barra , situada entre dois faróis e um lugar que já foi um Mosteiro. Em Porto da Barra tem um restaurante de um alemão, chamado Tudo Azul, que além de comidas típicas da Bahia, tem uma batata Rosti que é uma delícia. A praia era mansa, limpinha, interessante, onde encontrei mais famílias (de gente de todas as idades) principalmente da terceira idade, ficavam todos conversando dentro d água até cansar. Da sacada do hotelzinho dava para ver o Farol da Barra, lindo! Tanto de dia como de noite. Estávamos longe da badalação que tanto ouvi falar. Perto de onde ficamos tinha uma pracinha, onde passava um ônibus para o Mercado Modelo, e onde uma baiana  armava uma barraca grande e colocava mesinhas onde servia comidas típicas deliciosas, mas caseiras, e num preço bem em conta. Tinha gente do lugar, comprando comida e levando para casa, de tão boa. Infelizmente, soube que a baiana não fica mais por ali... O que achei mais lindo do Mercado Modelo foi a vista que temos de cima, antes de descer no elevador Lacerda. Uma vista  deslumbrante de um mar enorme, limpo e lindo, cheio de barcos atracados. Do elevador em diante, achei bem diferente do que tinha imaginado, o Mercado Modelo meio caído, em termos de coisas realmente bonitas e diferentes do que encontramos no Rio. O que vi lá tem aqui, então para compras não achei nada de mais. A cidade Histórica é maravilhosa, as Igrejas, sem palavras... Assistimos a missa em uma Igreja de Santa Bárbara, onde existe a presença dos negros batucando como se fosse num terreiro. Missa bem forte! Naquele dia choveu torrencialmente. As escadarias da Igreja do Bonfim são feitas de uns poucos degraus! Imaginava ser uma escadaria enorme, para quem conhece a Igreja da Penha. Realmente Salvador é bem diferente do que imaginava.  Mas vale a pena ser visitado!"
Outras dicas de Puny:
- Hospedar-se no bairro de Rio Vermelho, vizinho a Praia do Farol da Barra, também pode ser uma boa. A área também é bem turística e repleta de restaurantes;
Praia de Itapoã
- Praia que recomendo: Praia do Flamengo. Para chegar lá, pode-se tomar um ônibus na praça de Rio Vermelho, em uma viagem de uns 35 min. sem trânsito. Praia extensa e limpa, bastante movimentada na alta temporada;
- Ver o pôr do Sol em Itapoã é mais lendário do que real... O lugar se deteriorou um pouco. Mas fiz questão de cumprir o programa;
- Para cinema, compras e comidas comuns: Salvador Shopping – bem moderno. Tem ônibus grátis de Rio Vermelho – Shopping – Rio Vermelho;
- Atrações que devem ser visitadas: Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Pelourinho (estas todas na mesma região. Dá para ir a pé de uma a outra) e Igreja do Bonfim, que fica em outra parte da cidade.
- Praias na cidade: Praia do Porto da Barra e Farol da Barra (vizinha ao bairro Campo Grande, onde fica a casa da cantora Ivete Sangalo);
- Para os desportistas: correr na orla de Pituba. No verão vá cedo, pois o calor é forte!

Leia mais sobre a Bahia aqui.

3 comentários:

  1. ESTIVE LÁ POR UM DIA, NO CARNAVAL DE 2012, NUMA VIAGEM DE NAVIO. POUCO PUDE VER POIS AS RUAS ESTAVAM TOMADAS PELO CARNAVAL.
    MAS AMEI O QUE VI: MERCADO MODELO, IGREJA DO BONFIM E AS PRAIAS AZUIS DE MATAR DE INVEJA A QUALQUER AZUL QUE JÁ CONHECIA. FOI UM PRAZER!!!!
    BJKAS, CAROL AGUIAR

    ResponderExcluir
  2. Mercado Modelo e Igreja do Bonfim não dá pra ir a pé.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos sua observação. Já corrigimos o texto. Um abraço, Puny

      Excluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!