terça-feira, 12 de maio de 2020

10 dias em Porto Seguro, Bahia

Viagem em março de 2019

Tinha visitado Porto seguro em 1988, até que no ano passado resolvemos retornar para ver o que mudou no lugar.

A primeira diferença foi chegar lá em um voo, proveniente de São Paulo. Na primeira vez, cheguei à cidade dirigindo um fusquinha e levando bicicletas no bagageiro. 

Naquela época, o meio de hospedagem preferido era uma barraca de camping. Um pouco pela aventura e muito devido à grana curta. 
Desta vez, nos demos ao luxo de usufruir da boa hospedagem do Best Western Shalimar Praia Hotel. Um hotel bem localizado, permitindo uma curta caminhada até o centro da cidade. 
Piscina e café da manhã: pontos altos do hotel
Além disso, a infra-estrutura do hotel, da piscina e dos quartos é excelente. E o ponto alto ficou por conta do café da manhã, com muitos itens da gastronomia regional, como a tapioca feita na presença do cliente, doces, bolos típicos, tudo sempre fresquinho.

Para os deslocamentos mais distantes, alugamos um carro previamente pela internet e retiramos no próprio aeroporto. É bem fácil dirigir por Porto Seguro, Santa Cruz de Cabrália e até mesmo fazer a travessia com o veículo na balsa que leva a Arraial D'Ajuda e caminho para Trancoso. 
Travessia de carros na balsa

O que mudou?

O centro de Porto Seguro cresceu muito. E hoje em dia não é a única opção para quem quer se hospedar na região, já que Arraial D'Ajuda, nesses 32 anos, mudou completamente, tornando-se uma vila charmosa e aconchegante, com muitas opções de boa hospedagem e uma localização privilegiada. 

Estivemos em Arraial durante o dia, quando pegamos a balsa e atravessamos de carro para ir às praia do outro lado do rio. Também optamos por almoçar no restaurante Rabanete de Arraial d'Ajuda, que é um restaurante a quilo que tem filial em Porto Seguro. 
Arraial D'Ajuda: centrinho charmoso nos arredores da Rua Mucugê
Constatamos que Arraial d'Ajuda se transformou e seu centrinho descolado é um lugar agradável para curtir a noite. Tem um comércio alternativo bem bonito e colorido. 

Além disso fica bem próximo de ótimas praias. 

A passagem por Arraial d'Ajuda é caminho para quem quer chegar a Trancoso. 
Centro de Porto Seguro: comércio e barracas na Passarela do Descobrimento

O Centro de Porto Seguro

O centro de Porto Seguro gira em torno da Passarela do Descobrimento, popularmente conhecida como Passarela do Álcool. 

Uma quantidade de bares, restaurantes, barracas de comida e artesanato, além de comércio variado com mercados, cafés e butiques, compõem esse centrinho, onde as pessoas se reúnem no entardecer para passear e se encontrar. 
Restaurante Rabanete, no centro de Porto Seguro: comida a quilo regional
A gastronomia local mudou muito. A comida encareceu e se sofisticou. Para entender detalhes, visite esta matéria que trata exclusivamente de impressões acerca da Gastronomia de Porto Seguro.

O que fazer

Porto Seguro é o lugar perfeito para relaxar. Fazer da vida aquela rotina mais ou menos, quando se pensa em fazer muito, mas também é muito bom fazer nada. Pois as praias proporcionam mar, sol, água de coco e uma sombra boa para descansar!
Tôa Tôa: praia é o ambiente perfeito para relaxar
Além das bonitas praias, citadas mais abaixo, Porto Seguro tem duas atrações imperdíveis:

Centro Histórico de Porto Seguro

O Centro Histórico de Porto Seguro fica localizado na Cidade Histórica, parte alta de Porto Seguro. Foi tombado pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1973, e reconhecido como Patrimônio Natural da Humanidade, em 2000, pela UNESCO. 
Centro Histórico com farol e Marco do Descobrimento do Brasil, área com bonita vista
O destaque aqui fica para o Marco do Descobrimento do Brasil, trazido pelos portugueses. Está exposto ao ar livre e é protegido por um vidro, para minimizar as ações do tempo. Na mesma área está localizado o farol. Daqui você tem uma bonita vista do litoral e das praias.

No sítio histórico estão localizados importantes prédios do Século XVI: a Igreja da Nossa Senhora da Pena, a Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia, a Igreja de São Benedito e a Casa da Câmara e Cadeia. 
Centro Histórico: igrejas seculares
A Igreja de Nossa Senhora da Pena tem arquitetura em estilo rococó em toda sua construção. 

A Igreja Nossa Senhora da Misericórdia, em estilo barroco, datada de 1526, é a igreja mais antiga do Brasil.

Na Casa da Câmara e Cadeia fica localizado o Museu de Porto Seguro na parte superior e, no andar térreo, está a cadeia onde ficavam os presos na época. 

O casario antigo da Cidade Histórica é muito bonito e remonta a época do descobrimento. 

No local você encontrará também a típica feirinha de artesanatos regionais, uma opção para quem quer levar uma lembrancinha do lugar. 
Feirinha com artesanato típico do nordeste brasileiro

Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira

Outro programa imperdível em Porto Seguro é uma visita a Aldeia Indígena Pataxó da Jaqueira. A aldeia fica localizada a aproximados dois quilômetros de distância da costa.

Você é recebido no portal por um índio que busca os membros que estiverem ali, para uma visita guiada. 
Palestra de conscientização e Brigada de Incêndio na aldeia
É um tour muito original, que inclui uma palestra de conscientização com explicações acerca da etnia Pataxó, visita às ocas, a casa do curandeiro, uma trilha pela floresta com apresentação de armadilhas utilizadas no passado pelos índios da região e algum conhecimento da fauna e flora local.

Há até uma Brigada de Incêndio e um pequeno horto, para garantir a manutenção da floresta local. E uma escola de ensino básico, para que as crianças pequenas não precisem sair da aldeia. 
Noções de arco e flecha para o visitante
Além disso, o visitante poderá aprender técnicas de arco e flecha, pintura corporal indígena, sobre a medicina natural dos índios, com direito a benção do pajé, entre muito mais.

Ao final da visita há uma tenda com venda de artesanatos produzidos pelos Pataxós e eles ofereceram para nós um peixe, um vermelho, preparado na folha da patioba, com farinha de mandioca. 

A experiência custou, em março de 2019, R$45,00. O programa todo é muito bonito e emocionante. Recomendamos fortemente!
Cenas da Aldeia
Assista no Stories do Instagram, clicando aqui, maiores detalhes e informações sobre esta fantástica visita à Reserva Pataxó da Jaqueira.

Praias de Porto Seguro

Escolhemos algumas praias para visitar nos dez dias de nossas férias. Observamos que as praias recebem o nome das barracas que ocupam o lugar. 

A estrada que segue pela orla da praia tem muitas barracas e o comércio típico com artigos nordestinos.
Comércio temático na orla das praias de Porto Seguro
Barracas, são infraestruturas que incluem o bar e restaurante (tudo muito rústico), cadeiras, mesas e guarda-sóis, sanitários e duchas, tudo isso com serviço de garçom, que proporciona certo conforto para os banhistas. 

Algumas barracas cobram pelo estacionamento, outras não. A maioria, cobra apenas uma taxa de consumação.   

Abaixo destacamos algumas das infraestruturas visitadas.
Praia em frente a barraca Tôa-Tôa

Tôa Tôa

A aproximadamente cinco quilômetros do centro de Porto Seguro, oferece mesas, sombra boa abaixo dos coqueiros, ambiente tranquilo e confortável. A praia é boa e a barraca, como a maioria delas, oferece bebidas e frutos do mar. 

Barramares

A entrada para a praia, distante oito quilômetros do centro de Porto Seguro, tem uma bonita vista do manguezal encontrando o mar. 
Barramares: beleza e ótima infraestrutura 
O estacionamento fica no interior do portal. Há palco no local, para pequenas apresentações. Soubemos que ali acontece um luau em alguns dias da semana. 

A praia em frente é servida pelos garçons e conta também com os vendedores ambulantes, que passam pela praia. Isso acontece em todas as praias da região. 

Mundaí

Fica localizada a aproximadamente quatro quilômetros da cidade. A barraca é semelhante a todas as outras. Uma infra-estrutura com estacionamento, banheiros, duchas, bar, restaurante, cadeiras e guada-sóis. A praia é boa e tranquila. 
Praia de Mundaí: tranquilidade próxima a cidade

Outros passeios desde Porto Seguro:

  • Ir a Trancoso - vale a pena atravessar na balsa que transporta carros e tirar um dia inteiro para explorar a cidade e suas lindas praias, de beleza selvagem;
  • Arraial D'Ajuda, fica do outro lado do rio desde Porto Seguro e oferece bons restaurantes na famosa Rua do Mucugê, no charmoso centrinho. Lá também você poderá visitar o centro histórico de Arraial ou visitar o parque aquático Arraial D'Ajuda Eco Parque. A travessia pode ser feita de carro ou a pé, nas balsas que saem de Porto Seguro;
  • Santa Cruz de Cabrália, a aproximadamente 18 quilômetros de distância de Porto Seguro, é onde fica a Praia de Coroa Vermelha. Ali está o Marco da História do Brasil, representado pela cruz no local onde foi celebrada a primeira missa do Brasil, no ano de 1.500. A praia no entorno tem águas calmas e os restaurantes locais são bem simples. 
Trancoso: praias de beleza selvagem
E você? Já esteve em Porto Seguro? Tem alguma dúvida ou dica que poderá ajudar outros leitores? Compartilhe conosco!

Quer saber mais a respeito da Gastronomia de Porto Seguro? Entre aqui!

Leia sobre outros destinos no Estado da Bahia clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!