quarta-feira, 27 de março de 2019

Gastronomia em Porto Seguro


Estivemos em Porto Seguro, Bahia, neste mês de março de 2019 e antes de começar a descrever o lugar, escrevo sobre a gastronomia local, tema que tanto nos fascina. 

Comparando com visita feita em 1987, constatamos que as coisas mudaram: os cardápios contendo frutos do mar como os peixes, lagostas, camarão e afins se sofisticaram. As antigas bacias cheias de camarões ao alho e óleo ou lagostas na água e sal ganharam assinaturas dos chefes, tiveram suas porções reduzidas e seus preços se elevaram bastante. 

Por outro lado, o ambiente dos restaurantes e das barracas de praia (barracas são estruturas à beira mar que em geral oferecem mesas, cadeiras, guarda-sóis, restaurante, banheiros, duchas, etc. Algumas são mais bem estruturadas que outras) em Porto Seguro não acompanhou a elegância dos pratos, deixando a desejar no charme e conforto dos estabelecimentos.

Por isso, cautelosos, seguimos recomendações do Trip Advisor, buscando os restaurantes mais bem classificados em gastronomia da região. Quando estamos em dúvida, usamos este critério e não dá errado. Experimentamos gastronomia saborosa, por preço honesto. 

Para o dia a dia, encontramos no restaurante Rabanete, buffet por quilo, uma boa alternativa para comida rápida, com opções de saladas, comida caseira e versões típicas das comidas regionais e baiana. Por isso a moqueca de peixe, pirão, farofa, carne de sol, podiam se encontrados  frequentemente no buffet do restaurante. 

Além disso, eles têm um diferencial representado por um espaço de sobremesas também no peso. Receitas especiais trazem iguarias doces fieis as do tempo do Brasil Colônia. Cocadas de leite ou ao forno, doce de abóbora, doce de leite azedo, entre outras versões caseiras, convivem em harmonia com  versões mais modernas como bolos de nozes, mousses diversas, doces com chocolate, cheesecakes, e muitas delícias que causam deleite ao paladar. O comum entre todas as guloseimas é o preparo delicado, digno de "master chefes".

O restaurante Rabanete tem filiais em Porto Seguro (perto da balsa), em Trancoso (no Quadrado Histórico) e em Arraial D'ajuda (próximo a Rua Mucugê).

Para uma comida mais elaborada, votamos no cardápio do restaurante Vovó Bella. Bem eclético, oferece uma grande variedade de pratos, assim como porções de valores diversos. Os pratos executivos têm preços bem razoáveis, para aqueles que não têm apetite exagerado ou que não querem gastar muito. Agrada com certeza a todos os gostos!

Tivemos a oportunidade de provar os peixes, moquecas, bobós, estrogonofe e petiscos para acompanhar uma cervejinha. Em todos os pratos constatamos um cuidado com a qualidade dos produtos. Camarões, peixes, costelinha... Deliciosos, frescos e muito saborosos!

O restaurante fica bem localizado, bem no centro de Porto Seguro. O ambiente é informal e o atendimento conta com a simpatia típica baiana. 

Nosso destaque para refeições poderia se estender para o Naturalíssima, também bem classificado no Trip Advisor. Servem comida vegetariana, mas no dia que passamos por lá descobrimos que ainda era cedo para almoçar: abrem às 15 horas. Não perdemos a viagem e descobrimos que, além de charmoso, o restaurante tem também uma pequena pousada. A vantagem é a localização: no coração da Rua Mucugê e próxima a praia, em Arraial D'Ajuda. Boa hospedagem para quem quiser curtir a noitada animada da rua e ir a praia sem precisar de carro. 

Em Trancoso, no Quadrado Histórico, encontramos muitos restaurantes com suas mesas bem decoradas, com estilo e charme, postas ao ar-livre. Mas não era hora do nosso almoço, não experimentamos. 

Como não falar do Acarajé estando na Bahia? Aprovamos no quesito "barraca de rua" o Acarajé da Déa. Pela limpeza, preparo na hora, sabor, variedade  e qualidade. Delicioso! Sem falar na simpatia e beleza da baiana Déa. Pela manhã a barraca está montada no Centro Histórico de Porto Seguro. À noite fica no centro de Porto Seguro, em frente ao pier de onde saem escunas, quase chegando a Passarela do Descobrimento. 

A Passarela do Descobrimento, à noite, é dos lugares mais animados de Porto. Cheio de barracas de rua e restaurantes deve ter alguns destaques gastronômicos que não chegamos a experimentar.

Outros comentários ficam para a profusão de bolos e delícias derivadas de farinha de tapioca, milho e coco, como a tapioca salgada, o cuscuz, bolo de puba, bolo de milho, entre muito mais, tudo feito com capricho e parte do cardápio do café da manhã do hotel Best Western Shalimar.

Água de coco é obrigatório na reidratação nesta região de clima quente. Os preços cobrados nas praias e áreas mais turísticas muitas vezes se igualavam aos preços praticados em outras regiões não produtoras de coco, no Brasil. Mas vale o trocadilho: "quem está de férias é para se molhar". Pois férias é tempo de se abrir às novas experiências e relaxar!

Leia outras matérias sobre o estado da Bahia clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!