segunda-feira, 7 de março de 2022

Brasília, DF - o que fazer? Passeios alternativos, convencionais e gastronômicos, com hospedagem em Airbnb

Visita em novembro/2021

Fomos à Brasília a passeio e descobrimos que a cidade é uma caixinha de surpresas maravilhosas.

Assista abaixo vídeo contando um pouco das atrações que visitamos na cidade.

Leia em seguida detalhes do que fazer

Palácio do Congresso Nacional e Palácio do Planalto

Não dispensamos tempo para visitar esses dois cartões postais de Brasília, mas claro, não deixamos de passar em frente aos dois prédios, que estão situados no extremo leste do Eixo Monumental.

O Palácio do Congresso Nacional, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, consiste em um edifício horizontal, que sedia as cúpulas do Senado Federal (a cúpula menor, voltada para baixo) e a Câmara dos Deputados do Brasil (a cúpula maior, voltada para cima). E as duas torres entre as cúpulas têm 28 andares e pertencem uma ao Senado e outra à Câmara.

No centésimo aniversário de Niemeyer (2007), o edifício do Congresso Nacional foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O Palácio do Planalto é a sede do Poder Executivo Federal, o local onde está o Gabinete Presidencial do Brasil. Também uma obra projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi um dos primeiros edifícios construídos em Brasília e sua inauguração em 21 de abril de 1960 foi o centro das comemorações da inauguração de Brasília, quando o então Presidente Juscelino Kubistschek transferiu a Capital Federal para o centro do país.

Niemeyer definiu as colunas de sua obra como “leves como penas pousando no chão”.

É possível agendar uma visita para o edifício, que está situado na Praça dos Três Poderes.

Ponte Costa e Silva

Atravessamos a Ponte Costa e Silva para ir até o Pontão do Lago Sul. Vale registrar que a ponte é uma das quatro sobre o Lago Paranoá, que ligam o Setor de Clubes Sul e o Pontão do Lago Sul.

O desenho da ponte, inaugurada em 1976, é de Oscar Niemeyer.

Entardecer no Pontão do Lago Sul
Pontão do Lago Sul

Às margens do Lago Paranoá, o Pontão do Lago Sul é um espaço público verde com diversos restaurantes, quiosques, estacionamento, constante programação cultural e esportiva, incluindo esportes aquáticos, passeios de barcos, lanchas, além de um clima quase praiano e o pôr-do-sol considerado o mais bonito da cidade. 

Templo Shin Budista

Se você quer viver um programa alternativo, que tal visitar a feirinha do Templo Shin Budista na Asa Sul. Um encontro permeado pelas barracas com artigos diversos, como plantas, cosméticos, artigos para decoração como budas em tamanhos e formatos diversos e gastronomia.

Templo Shin Budista
Catedral de Brasília            

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília, concebida por Oscar Niemeyer, é muitas vezes considerada a sua obra-prima, que lhe rendeu o Prêmio Pritzker, considerado o equivalente a um Nobel em arquitetura.

O acesso para o templo não conta com uma porta convencional. Sua entrada é feita através de uma rampa subterrânea, dando uma sensação de deslumbramento ao chegar ao seu interior.

É uma igreja católica da Arquidiocese de Brasília e está localizada no Eixo Monumental.

Interior da Catedral de Brasília
Museu Nacional

Também conhecido como Museu de Brasília Oscar Niemeyer, o Museu Nacional é um local que insere Brasília no circuito internacional das artes mostrando o que há de melhor na arte brasileira.

Encontramos no local uma exposição de artes plásticas de Miriam Inez da Silva Fayga.

Biblioteca Nacional de Brasília

Localizada no Setor Cultural Sul, bem em frente ao Museu Nacional, a Biblioteca de Brasília também foi um projeto assinado por Niemeyer.

Tem a função principal de acesso e atendimento à população em geral.

Museu de Brasília com Biblioteca ao fundo
Santuário Dom Bosco de Brasília

Um templo católico, foi dedicado ao segundo padroeiro de  Brasília, que teria profetizado a existência da capital brasileira no século XIX, durante um sonho. É administrado pela Congregação Salesiana e fica localizado na Asa Sul.

É especialmente famoso pelos seu vitrais, chegando a ser considerado uma da Sete Maravilhas do Patrimônio Cultural de Brasília. Uma iniciativa dos Salesianos, com parceria do Governo Federal, foi projetado pelo arquiteto Carlos Alberto Naves.

Vista do alto da Torre de TV de Brasília
Torre de TV de Brasília e Feirinha

A Torre de TV de Brasília fica localizada no Eixo Central. Da Base até a área de visitação – o Mirante, com 75 metros de altura (equivale a um prédio de 10 andares) há elevadores. Daqui é possível uma bonita vista da cidade. A Torre mede 224 metros de altura no total.

Funcionamento: de quinta a Domingo, das 12h às 18h.

Entrada Gratuita. É necessário apresentar uma carteira de identidade.

A Feirinha de Artesanato da Torre de TV de Brasília foi fundada em 1964, sendo um ponto turístico bem badalado para os moradores da cidade e para quem vai à Brasília. Conhecida também como Feira Hippie, conta com praça gastronômica e barracas com venda de artesanatos, roupas, acessórios e artigos para decoração.  

Parque da Cidade
Parque Dona Sarah Kubistchek

Conhecido também como Parque da Cidade, é considerado o maior parque urbano da América Latina, com 420 hectares.

Bem arborizado, conta com lago e diversas áreas de lazer. É o pulmão de Brasília, oxigenando a cidade com sua grande área verde.

Onde comer?

The Queen’s Place: o lugar perfeito para um café ou chá cheio de sabor e charme. O interior como exterior é decorado com motivos da Realeza Britânica. A gastronomia reporta ao gosto da Rainha Elizabeth.

Equipe do Viajando com Puny em uma pausa no The Queen's Place
Restaurante Graviola: este restaurante de comida saudável, vegetariano e vegano, fica localizado na Asa Sul.

Onde ficar?

Optamos por nos hospedar em um Airbnb no Setor Sudoeste. Fizemos um vídeo resumindo as vantagens da hospedagem que pode ser visto abaixo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!