quinta-feira, 18 de junho de 2020

Uma noite em Frankfurt, Alemanha

Viagem em Setembro/2019

No nono dia de uma viagem de 43 noites pela Europa, pegamos um voo desde Lisboa, Portugal, com destino a Frankfurt, na Alemanha
Römer: o bonito centro histórico
A viagem, de aproximadamente três horas, transcorreu tranquila. Chegamos no Aeroporto Internacional de Frankfurt ainda pela manhã e nos dirigimos a Frankfurt (Main) Flughafen Regional para pegar a linha de metrô S8, até Frankfurt Central Station
Já tinha me  hospedado na região em 1995, durante uma viagem de trem pela Europa que conto aqui. Apesar de não ser uma área muito acolhedora, é prática, pois fica perto de tudo. 

Caminhamos até o ibis Styles Frankfurt City,  localizado bem perto da estação central. Importante, pois na manhã do dia seguinte pegaríamos o trem para Berlim. Um hotel charmoso, bem arrumado e confortável, com preço acessível.
ibis Styles Frankfurt City: localização, charme e conforto a bom preço
Deixamos as malas na recepção, já que o apartamento ainda não estava liberado. 

Saímos para rever Frankfurt e constatar como a cidade se transformou nesses vinte e cinco anos. 

Fiquei encantada! A cidade foi revitalizada ao longo do tempo e muitas construções destruídas na Segunda Guerra, foram completamente refeitas. 
Caso não consiga abrir o vídeo pelo mobile, vá ao fim desta página e acesse a matéria no modo "visualizar versão para web".
Distrito de Sachenhausen

Atravessamos a pé uma das pontes sobre o Rio Meno, em direção ao descolado distrito de Sachenhausen. 

Seguimos caminhando pelas margens do rio, passando pelo Museu das Esculturas, Museu de Arte e Museu da Comunicação.  Fomos até o restaurante Ebbelwoi Unser, de comida típica alemã, mas infelizmente o encontramos fechado para almoço. Só abriria para o jantar.
/
Sachenhausen: museus e restaurantes
Sorte que bem perto, na área de Schweizer Platz, encontramos uma região de comércio variado com chocolates, flores, lanches e um bom lugar para comer: o Meyer, uma delicatessen com iguarias para levar ou para comer no local. Pedimos sopas, saladas, pratos quentes e comemos ali mesmo... Tudo uma delícia!

Eiserner Steg

Dali seguimos para a Eiserner Steg, uma ponte de aço originalmente construída em 1868. A ponte de 170 metros foi reconstruída em 1911 e novamente após sua destruição na Segunda Guerra Mundial. Em 1993 foi totalmente renovada. Por esta bonita ponte, seguimos de volta ao centro de Frankfurt.
Eiserner Steg: ponte de aço sobre o Rio Meno

Römer

Fomos em direção a área do Römer, que nem conhecia como está. Foi uma ótima surpresa encontrar todos os prédios completamente revitalizados. 

Li que os trabalhos foram levados até o ano de 2016, com muitos prédios históricos destruídos durante a Segunda Guerra Mundial, sendo totalmente reconstruídos.

O Römer, onde fica a prefeitura há mais de 600 anos, é um prédio Medieval localizado em Altstadt, um conjunto arquitetônico considerado o mais importante da cidade de Frankfurt. E
Igreja de São Nicolau e os bonitos prédios ao redor do Römer

Em frente ao Römer está a Igreja de São Nicolau, que milagrosamente não foi destruída na Segunda Guerra Mundial. É uma igreja protestante. 

Tudo isso em meio ao modernos prédios da cidade de Frankfurt.

Catedral de Frankfurt

Revisitamos a Catedral de Frankfurt (Frankfurter Dom), da qual tinha uma lembrança não muito viva. A catedral é o maior edifício religioso da cidade. 

Dom: a Catedral de Frankfurt

Ao lado ficam escavações com ruínas que revelam a primeira igreja no local,datada do século 7.  


Dali retornamos para o hotel de onde só saímos a noitinha, para andar por Kaiserstrasse, movimentada e animada, com bares lotados e mesas nas calçadas.


O trem sairia de Frankfurt para Berlim no dia seguinte, às sete e catorze da manhã. Por isso, declinamos do café do hotel, optando pelo clássico café de balcão, na estação de trem. Mas gostoso, com sabor de viagem de trem por acontecer. 

Frankfurt Central Station: café e início de um roteiro de trem pela Europa
Como em toda Alemanha, aqui a moeda utilizada é o Euro.

Passamos um total de 5 noites na Alemanha. Leia aqui o roteiro completo da viagem de 43 dias pela Europa.

Para ler todas as matérias sobre a Alemanha, entre aqui.

Obrigada pela sua visita! Deixe abaixo seu comentário, que poderá ajudar outros viajantes!

Leia o livro Vivendo Bem com o que Você tem, de minha autoria, e aprenda como administrar as finanças, de modo que sobre uma parte de suas economias para você poder viajar.

Vivendo bem com o que Você tem não vai torná-lo um indivíduo rico, mas vai ajudá-lo a administrar suas finanças no dia a dia, controlando suas despesas nos momentos de bonança ou escassez.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!