quarta-feira, 8 de julho de 2020

Duas noites em Praga, República Tcheca

Viagem em Setembro/2019

De tanto ouvir falar sobre a necessidade de visitar Praga, seja pela sua beleza, pelos seus pontos interessantes e pelos bons preços praticados na capital da República Tcheca, cedemos às tentações desta cidade. 
Por isso, organizamos o roteiro de uma viagem de 43 noites pela Europa, de modo a passar duas noites na cidade de Praga.

Chegamos lá pela parte da tarde, em um trem vindo de Berlim. A viagem durou quatro horas e meia. Desembarcamos na estação Praha HI.N., distante um quilômetro do nosso hotel. 

Por isso,  com nossas malas superleves, pudemos seguir tranquilamente caminhando até o hotel. 

Mais uma vez usufruímos de boa hospedagem, sem pagar em dinheiro por ela. Utilizamos pontos dos programas All Accor Live, somados a pontos da Livelo, para duas noites de hospedagem no Century Old Town Prague Mc Gallery.
Century Old Town Prague Mc Gallery: mimos e excelente surpresa

Century Old Town Prague Mc Gallery

Este hotel foi uma excelente surpresa pois, além da localização bem central e próxima à estação de trem, do ótimo atendimento e café da manhã, é um hotel muito confortável e elegante.

Agradecemos à equipe do hotel que nos fez sentir muito especiais nos dias que passamos em Praga. Recomendamos este hotel e com certeza voltaríamos a nos hospedar nele. 

Como não tínhamos muito tempo para gastar em Praga, deixamos as malas no quarto e já saímos explorando a cidade.
Cidade bordada rica em detalhes bonitos

Praga

Surpreendentemente esta capital com uma população aproximada de 1,3 milhão de habitantes parece um porta-joias, que abriga em seu interior as relíquias mais delicadas. Sim, a cidade é de uma beleza extraordinária!

Por onde andamos não cansamos de admirar a magnífica arquitetura de Praga.  

Destacamos em um roteiro de dois dias o que nos pareceu melhor explorar.
Praga: fartura de beleza por onde se anda

Roteiro dia 1

Caminhamos pelas ruas estreitas, algumas com o intenso tráfego de trams (bondes) - a terceira maior malha do mundo!  Passamos por prédios tão bonitos que pareciam bordados, até chegar à  Praça da Cidade Velha.

Praça da Cidade Velha

Uma praça histórica bem central e onde ficam prédios em diversos estilos arquitetônicos, como a Catedral Týn, em estilo gótico e a Igreja de São Nicolau, em estilo barroco. Além disso, destaco a beleza de um grupo de prédios  em estilo barroco, coloridos e alegres. 
Praça da Cidade Velha: conjunto arquitetônico fantástico
Uma das grandes atrações da praça é o Relógio Astronômico medieval (1400), que de hora em hora faz uma apresentação animada para a multidão de turistas. Da Torre da Cidade Velha tem-se uma vista panorâmica da cidade.

A praça data do Século 14 e durante a Segunda Guerra Mundial permaneceu praticamente intacta pelos bombardeios!
Entorno da Praça da Cidade Velha e Ponte Carlos, sobre o Rio Moldava
Em Praga, o simples deslocamento por suas ruas estreitas já é fonte de muita beleza e grandes surpresas. Imagine que passamos por uma feira de rua em funcionamento desde 1232!
Havelské Trziste: feira em funcionamento desde 1232

Dica Gastronômica "Vale a Pena anotar"

Restaurante Lokál Dlouhááá

Claro que não podíamos deixar de jantar e tomar uma Pivo (cerveja em tcheco), em um país que produz das melhores cervejas do mundo. 

Escolhemos o Lokál Dlouhááá, um bar que além de cerveja serve comida tcheca, europeia e fica aberto para almoço, jantar e drinques, tudo em um ambiente super original, que recorda a Idade Média. É necessário fazer reserva.
Superior: Lokál Dlouhááá / Inferior: Trdelnik, servida em feira de rua
De volta para o hotel passamos em uma das muitas feiras de artesanato e comidas, espalhadas por toda Praga. 

Foi onde experimentamos uma sobremesa muito típica, chamada de Trdelnik, que consiste em um cone de massa doce assada na brasa, que pode ser comida pura ou recheada com doces como Nutella ou sorvete.

Roteiro dia 2

Novamente saímos cedo, logo após o café da manhã, e seguimos a pé pela cidade. Não me canso de dizer que qualquer caminho percorrido no centro histórico, já é uma grande atração em Praga. 
Detalhes da Ponte Carlos, sobre o Rio Moldava
Desta vez fomos em direção a Ponte Carlos. 

Ponte Carlos

Sobre o Rio Moldava, a Ponte Carlos teve início de sua construção em 1357, levando aproximadamente 50 anos para ser concluída. Liga a Cidade Velha a Malá Strana, que é o lado onde fica o Castelo de Praga.

Do lado da Cidade Velha, na entrada da ponte, fica a torre principal, considerada uma das mais impressionantes estruturas góticas no mundo. É possível subir na torre, de onde se tem uma boa vista da cidade. 
Rio Moldava e suas diversas facetas
A partir do Século 17 as trinta estátuas de santos católicos que decoram a ponte começaram a ser construídas. 

Elas representam os santos mais venerados na época. Atualmente a ponte expõe réplicas, já que os originais encontram-se no Museu Nacional.

Atravessamos a ponte e pudemos admirar o Rio Moldava repleto de barquinhos de lazer. Tantos que chegavam a causar engarrafamentos em algumas partes do rio. 
A subida a pé para o Castelo de Praga proporciona bonitas vistas
Seguimos a pé até a base do Castelo de Praga. Subimos andando pela escada lateral, uma ladeira ligeiramente íngreme. 

Castelo de Praga

Fundado no Século 9 como residência dos reis da Boêmia, o Castelo de Praga atualmente funciona como residência presidencial. 

Além disso, seu interior é ponto importante de visitação turística, onde pode ser vista a Catedral de São Vito, o Palácio Real do Castelo de Praga, a Torre Dalibor, o Convento de São Jorge e a Viela Dourada, com suas residências típicas da Idade Média e os jardins do castelo. 
Em sentido horário: detalhe do Palácio do Castelo, Convento de São Jorge e Catedral São Vito (3)
Com diferentes estilos arquitetônicos, ocupa uma área superior a 72,5 mil metros quadrados e é considerado o maior castelo do mundo. 

Catedral de São Vito

Uma das partes mais importantes do castelo, a Catedral de São Vito teve sua pedra fundamental assentada em 1344 e levou quase 600 anos para ser concluída. 
Catedral de São Vito
Abundante em estilos arquitetônicos a catedral impressiona pela sua beleza e grandiosidade. 

Zlata Ulicka (Rua Dourada)

Com suas residências originais desde o Século 16, você poderá ver como viviam os artesãos, soldados, herbário, entre outros membros do castelo, na época. 

Pudemos visitar a residência da irmã de Franz Kafka, onde o escritor passou longas temporadas. 
Viela Dourada: casinhas preservadas desde a Idade Média, mostram como viviam na época
Toda a área do castelo é praticamente uma pequena cidade. Por isso, não conseguimos visitar tudo. 

Os ingressos para acesso são divididos em tipos de atrações que se deseja visitar. Por isso, há ingressos como o Circuito A, Circuito B e Circuito C, com preços e permissões para acessos diferentes. Você pode comprar o ingresso no local. Para saber detalhes sobre o Castelo de Praga, entre no site oficial aqui
Superior: igrejas com estilos diversos / Inferior: Rua Dourada casa da irmã de Kafka hoje é uma livraria
Restaram muitas atrações que não vimos em Praga, por isso, uma visita de duas noites à cidade não foi suficiente para ver tudo que gostaríamos. 

Outras atrações: Torre Petrin, Parque Letna, John Lennon Wall com Beatles Cafe e a Casa Dançante. 

Assista ao vídeo produzido por Viajando com Puny para conhecer melhor todo o percurso feito na cidade, onde você verá muitos outros pontos de interesse:
Caso não consiga abrir o vídeo pelo mobile, vá ao fim desta página e acesse a matéria no modo "visualizar versão para web".

A moeda utilizada aqui é a Coroa Tcheca. Não fizemos câmbio, utilizando apenas Travel Money e Cartão de Crédito, por achar mais vantajoso.

Ao fim da visita à cidade, seguimos rumo à Viena, capital da Áustria.

Obrigada pela sua visita! Deixe abaixo seu comentário, que poderá ajudar outros viajantes!

Leia o livro Vivendo Bem com o que Você tem, de minha autoria, e aprenda como administrar as finanças, de modo que sobre uma parte de suas economias para você poder viajar.

Vivendo bem com o que Você tem não vai torná-lo um indivíduo rico, mas vai ajudá-lo a administrar suas finanças no dia a dia, controlando suas despesas nos momentos de bonança ou escassez.

2 comentários:

  1. Muito legal Adriana,tenho muita vontade de conhecer,está na lista.Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma cidade que merece estar na "lista". Obrigada pela visita! Bjs!

      Excluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!