quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Três dias em Munique, Alemanha

Neus Rathaus: prédio da prefeitura em Marienplatz
Viagem em Setembro/2017

Desde 2017, quando estivemos em Munique, quero escrever um pouco mais sobre essa incrível cidade e tudo que ela oferece para seus visitantes. 

Mas são tantas atrações, que confesso que fui protelando. Até que hoje resolvi trazer para você um resumo do que conseguimos fazer por lá em três dias e, quem sabe, inspirá-lo a realizar este roteiro?

Chegamos em um Domingo à tarde, provenientes de  Salzburgo. Utilizamos o Bayern Ticket, que é uma forma mais econômica de viajar pela região da Bavária

Trem de Salzburgo para Munique: bilhete promocional para a região da Bavária

Compramos o bilhete em uma máquina (OEBB ou DB) de bilhetes na estação de Salzburgo. Pagamos 31 euros para os dois passageiros (tarifa grupo GRUPPENFAHRSCHEIN), incluindo o valor do metrô para o deslocamento na chegada em Munique. É importante verificar o horário dos trens. A viagem durou aproximadamente 1h30min.

Nos hospedamos no Novotel Munich City, no bairro de Hosenheimer, que é bem central e facilitou conhecer muito da cidade a pé. Foi uma boa promoção.  A fidelidade ao grupo All Accor nos garantiu up-grade de acomodações e mimos como chocolates e welcome drinks, que utilizamos no bar. 

Novotel: boas dependências e café na cidade

Optamos por tomar o café da manhã fora do hotel. A tarifa de café do Novotel em euros desanima qualquer um. Acabou sendo uma boa oportunidade para conhecer algumas cafeterias bem aconchegantes nas redondezas e provar algumas delícias típicas alemãs. 

Abaixo relaciono tudo que conseguimos visitar dormindo três noites na cidade:

1 - Viktualienmarkt: um mercado de comidas típicas com restaurantes e boas cervejas. É um espaço aberto, com muitas lojinhas, barracas e mesas ao ar livre. Além de comidas para consumir no local, vendem queijos, geleias, compotas, chocolates, além, é claro, do típico Schnitzel para aqueles que curtem carne de porco. 

Viktualienmarkt: ambiente descolado com boa comida
2 - Residenz Munich: localizado bem no centro da cidade, essa joia de palácio serviu como sede do governo e residência de gerações de duques e reis da Bavária,  no período entre 1508 e 1918. Foi construído originalmente em 1385, como um castelo, vindo a tornar-se um magnífico palácio, após uma série de ampliações posteriores, em seus edifícios e jardins. 

Por isso, se você deseja conhecer tudo em apenas um dia, direi que é pouco. Mas melhor pouco do que nada. 

Interior e fachada exterior do Residenz

Desejando conhecer muitas outras atrações da maravilhosa Munique, gastamos pouco mais de três horas visitando seu interior. Tempo suficiente para ter uma mostra de coleções de artes relacionadas ao período da Renascença, com características Barroca e Rococó, até o mais recente Neoclássico. 

Grande parte do Residenz foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Desde 1945 foi gradualmente reconstruído e hoje em dia é possível apreciar o Museu Residenz, o Tesouro (Shatzkammer der Residenz, que é o acervo de joias e tesouros da Coroa da Bavária) e o Teatro Cuvilliés. É um palácio comparável ao Palácio de Versalhes, na França

Aposentos e Tesouro

É possível comprar um ingresso para cada atração ou pode comprar o ticket combinado para visitar as três atrações no mesmo dia. Como nosso tempo era escasso, optamos por visitar apenas as dependências do Museu Residenz e os Tesouros.

Preço dos ingressos (adulto) na época da visita:  

Museu Residenz:  7 Euros / Tesouro: 7 Euros / Combinado Residenz e Tesouro: 11 Euros / Combinado: Residenz-Tesouro-Teatro: 13 euros.

Marienplatz: Neus Rathaus, relógio com bonecos e prédios bonitos no entorno

3 - Marienplatz: onde fica o Neus Rathaus, que é o belíssimo prédio da prefeitura. 

A grande atração acontece às 11 horas, quando o relógio musical apresenta um bonito espetáculo com os personagens que saem de dentro da torre. O entorno de Marienplatz é repleto de edifícios antigos em estilos variados, além de um calçadão movimentado, cheio de comércio e restaurantes ao redor.

Allianz Arena

4 - Allianz Arena: sempre que temos possibilidade visitamos estádios de futebol nas cidades onde vamos. Em Munique não perdemos a chance de conhecer a arena esportiva do Bayern de Munique, construída em 2005 para a Copa do Mundo de 2006, que aconteceu na Alemanha. Dentro do estádio há um restaurante com filial da cervejaria Paulaner. Ao fim da visita passamos na loja do Bayern de Munique, onde há todo tipo de artigo com a marca do time impressa.

Como chegamos: descemos na estação de metrô Fröttmaning e seguimos a direção orientando para a ARENA. Caminhamos 14 minutos até o estádio. 

Preço do Arena Tour: 19 euros por pessoa. Inclui visita ao campo, vestiários e demais dependências e visita ao museu FC BAYERN Erlebniswelt.

Horário: o estádio funcionou de 10 às 17h30min e fizemos o tour das 13h15min, único horário com guia falando inglês. Os outros horários eram em alemão. 

A onda eterna do Eisbach River

5 - Surf no rio Eisbach: a onda do rio Eisbach  é um dos muitos pontos atraentes da cidade de Munique, que eu não deixaria de visitar por nada desse mundo. Pois se trata de algo surpreendente! Para saber mais, entre aqui.

184ª Oktoberfest

6 - Depois de agendada a viagem para Munique, descobrimos que estávamos indo na época da 184ª Oktoberfest. Não era um dos nossos sonhos, mas encaixou perfeitamente em nossos planos. Adoramos e, quando possível, queremos voltar. Leia esta matéria e entenda exatamente como tudo funciona. 

Sobre transporte na cidade:

Andamos muito a pé, mas em muitas situações utilizamos metrô. Compramos um tíquete para grupo (2 pessoas) que custou 29,10 euros, para ser utilizado por 3 dias. 

Para ir da cidade até o Aeroporto de Munique Franz Josef Strauss, no quarto dia, compramos outro bilhete (também para grupo), por 12,60 euros.

Todos os preços acima mencionados são referentes a setembro de 2017.

O bonito aeroporto de Munique Franz Josef

Ficou muito que conhecer em Munique. Em uma próxima oportunidade queremos ir ao aclamado Neuschwanstein, famoso por ter inspirado o "Castelo da Cinderela". Também gostaria de visitar a Asam's Church, igreja privada, de uma família de arquitetos de igrejas no estilo barroco.

E você? Tem alguma dica para dar sobre Munique? Deixe aqui nos comentários e ajude quem está montando um roteiro para visitar a cidade!

Leia aqui dicas sobre outros destinos visitados na Alemanha

Leia o livro Vivendo Bem com o que Você tem, de minha autoria, e aprenda como administrar as finanças, de modo que sobre uma parte de suas economias para você poder viajar.
Vivendo bem com o que Você tem não vai torná-lo um indivíduo rico, mas vai ajudá-lo a administrar suas finanças no dia a dia, controlando suas despesas nos momentos de bonança ou escassez.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!